29 de set de 2009

Investimento para substituir árvores naturais.



Em tempos de aquecimento global, buscar recursos que absorvam o CO2 da atmosfera é uma das principais preocupações de cientistas e pesquisadores, que trabalham constantemente em aparelhos para barrar os efeitos nocivos da interferência humana no meio ambiente. A última novidade vinda da tecnologia é a árvore artificial, que promete absorver quase mil vezes mais CO2 do que as árvores convencionais.

O projeto é de um grupo de cientistas da Universidade de Colúmbia, nos Estados Unidos. Segundo os estudiosos, a estrutura montada para turbinar a absorção de carbono tem galhos semelhantes ao de pinheiros e não necessita de água e tampouco de sol para estar em funcionamento. A absorção de CO2 ocorre através das folhas, que são confeccionadas com material plástico, que retém dióxido de carbono (um dos principais responsáveis pelo efeito estufa).

A árvore criada pelos pesquisadores trabalha da mesma forma que as plantas comuns. A retenção de CO2 é feita nos dois mecanismos, porém de métodos diferenciados. Árvores e outras plantas naturais armazenam a substância em seus tecidos, enquanto a criação dos americanos deixa o gás armazenado em um filtro responsável por comprimir o gás e transformá-lo em líquido, estado em que o gás pode tranqüilamente ser enterrado na terra sem causar complicações ao meio ambiente.

A idéia desse novo método de armazenamento de carbono causa polêmica entre ambientalistas e pesquisadores. O projeto ainda está em avaliação, por conta das opiniões contrárias sobre as pesquisas. Segundo os estudiosos que defendem o projeto, a nova máquina que imita árvores naturais é capaz de retirar da atmosfera o equivalente a produção de carbono de 20 automóveis. Serão aproximadamente 30 filtros que formam 2,5 metros de altura e um metro de largura. Essa construção ficará ao ar livre e funcionará como um centro de captação.

O produto ainda não tem data de lançamento oficializada, porém, a expectativa é aguardar e adquirir o método mais viável na captura de CO2, conservando o meio ambiente sem explorar a natureza.


Fonte: Por: Equipe WS.

http://www.walkshow.com.br/materia.asp?c=3014

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! A VidaAdentro Agradece!!!