4 de out de 2009

Reflexão: história sem fim!!!


Existem formas de se lançar um “novo olhar” para momentos de nossa própria história? O scrapbooking, a arte de contar histórias tendo um álbum como coletânea dessas memórias – incluindo pensamentos, percepções, emoções, imagens, fotos, papéis e elementos decorativos.

“Investir na releitura da vida, de forma organizada, estruturada e estimulada por outras técnicas, inclusive o scrapbook.

A indústria do scrapbook tem movimentado a economia norte-americana e a iniciativa está se fortalecendo e ganhando adeptos também no Brasil. Nos Estados Unidos, onde o scrapbook é utilizado para preservar histórias familiares e registrar momentos importantes, conforme dados da CHA – Craft Hobby Association, a indústria deve chegar a US$ 2.6 bilhões em 2007. O total estimado de pessoas envolvidas é de 32 milhões e o gasto anual com material é de U$ 1500,00. Em 1996, esta indústria girava em torno de US$200 milhões, passando a US$ 1,4 bilhão em 2001 e aos US$ 2,5 bilhões em 2003, estando presente, na época, em 13% dos lares americanos, conforme Don Meyer, da Hobby Industry Association (HIA ).

O scrapbooking é usado como um instrumento para o processo de reflexão consciente em álbuns, páginas, cartões ou seja dentro de tudo que sua consciencia, sentimento e criatividade imaginar.

A funcionalidade do scrap é expressar e traduzir os resgates e descobertas de cada pessoa. “Por meio da vivência do movimento, estimula-se memórias, inclusive aquelas que já foram arrastadas para o inconsciente. Por meio das fotos e imagens selecionadas para o scrapbook, paramos o tempo e refletimos sobre os fatos marcantes de nossa vida. Como resultado, podemos lançar um novo olhar para a nossa trajetória, percebendo superações, conquistas, e podendo chegar a uma sensação mais otimista”.

“A sinergia do corpo e da mente são imprescindíveis para liberar emoções e, conseqüentemente, para a boa condução de novos projetos e layouts.

Seja uma scrapper também e saia do casulo!


Camila Camargo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! A VidaAdentro Agradece!!!